Museu do Futebol

Atualizado em 26.07.11
Autor: Turismo

museu-do-futebol

A capital cultural da América Latina inova mais uma vez e abre o único museu no mundo voltado exclusivamente para o futebol sem ter ligação com nenhum clube específico. O acervo multimídia, o aspecto futurista das instalações e referências aos grandes fatos da história brasileira do século XX são garantias de um ótimo passeio mesmo para os menos fanáticos pela modalidade. Com investimento de R$ 32,5 milhões, o Museu do Futebol é um dos grandes atrativos turísticos da cidade.

O projeto ocupa área de 6,9 mil m² embaixo das arquibancadas do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho - Pacaembu. Sua arquitetura se destaca por integrar os espaços: o teto é a própria arquibancada, uma passarela liga os lados leste e oeste do prédio e permite uma bela visão da praça Charles Miller.

Três eixos norteiam a ida do museu: Emoção, História e Diversão. O visitante começa o percurso no saguão de entrada, batizado de Sala do Torcedor, onde estão reunidos objetos utilizados pelos torcedores como chaveiros, cinzeiros, flâmulas, broches e bandeiras.

Depois de torcer é hora de se sentir entre os ídolos. A pessoa circula entre grandes painéis suspensos da Sala Anjos Barrocos, nos quais são exibidas as imagens em movimento de craques como Pelé, Falcão, Zico, Bebeto, Didi, Romário, Ronaldo, Gilmar, Gérson, Sócrates, Rivelino.

Personalidades como Zagalo, Armando Nogueira, Galvão Bueno, Juca Kfouri, Arnaldo César Coelho, Daniel Piza, João Gordo, Marcelo Tas e Ruy Castro narraram seus gols preferidos. Suas vozes podem ser ouvidas na Sala dos Gols. Gravações originais de Ary Barroso, Fiori Gigliotti, Oduvaldo Cozzi, Waldir Amaral, Jorge Cury e Osmar Santos estão disponíveis na Sala do Rádio.

No eixo “História”, a Sala das Origens mostra a importância da fusão étnica em nosso futebol com fotos e um vídeo. Na Sala dos Heróis são apresentadas personalidades brasileiras que marcaram o século, entre elas jogadores como Leônidas da Silva e Ademir da Guia. Dentro de um túnel fechado o visitante experimenta a sensação do “Rito de Passagem, a copa de 50”. Taças gigantescas formadas por quadros e telas de cristal líquido mostram as principais características do país nos períodos entre as Copas do Mundo. A Sala Experiência Pelé e Garrincha é uma homenagem aos craques que nunca perderam uma partida jogando juntos.

No eixo “Diversão” o visitante conhece a Sala dos Números e Curiosidades, um grande almanaque interativo, e a da Dança do Futebol, na qual pode ouvir crônicas sobre elementos como o drible e o gol. A Sala Jogo de Corpo proporciona uma experiência muito divertida, já que o visitante pode bater um pênalti e saber a velocidade de seu chute. O passeio termina na Sala Pacaembu, que celebra este que é um dos estádios mais antigos do País.

O Museu do Futebol ainda oferece carrinhos de bebê gratuitos para o passeio, tudo isso para o fanatismo ao esporte não ter tamanho e nem idade!

Serviço:

Museu do Futebol
Praça Charles Miller, s/nº - Pacaembu
Tel.: (11) 3663-3848
E-mail: contato@museudofutebol.org.br
Site: www.museudofutebol.org.br
Horário: Terça a domingo, exceto nos dias de jogos no Pacaembu, das 10h às 18h
Preço: R$ 6 Galeria de Imagens: Museu do Futebol